2007-01-10

foto&legenda # 234

Apesar dos poetas a celebração é egoísta. Física. Animal. E se por ancestrais estudos ergonómicos são o negativo do outro, a submissão é pontualmente rejeitada com laivos de cobardia. Usa-se então, a garra que fixa o elemento fornecedor das coordenadas.

fotografia © Pedro Gonçalves
legenda © Mário Abreu

5 comentários:

Cónego Remédios de Fátima disse...

Hum! Hum! Hum...
Havia necexidade???
Meus filhos, vejam lá os caminhos por onde estão a ir.
A celebração é egoísta? Física? AnimaL?
Animais sois bós que só tendes sexo na cabecinha.
Não habia necexidade!
Tava tão bonito o blog com paisagens, velas e velhinhas a rezarem...
Tende juízo. Até porque não me deixais trabalhar tão escandalizado estou que não consigo tirar os olhos daquelas insidiosas curvas, daqueles joelhos, daquela coxa entrelaçada na outra, daquela garra...
Aí, meninos! Ai, meu Deus. Dai-me, também a mim, juizo.
Mas... habia necexidade?!!!!!!

Anónimo disse...

Deus criou o Homem à sua semelhaça.
Cada um é libre de pensar
Mas Deus o ira julgar

diácono remédios disse...

Mas que é isto?
Quero acreditar que há um cónego com o meu nome e a imitar-me. Todos não seremos demais face à rebaldaria por aí grassa e grasna, mas parece-me abuso. Hum! Hum...
Eu sou o diácono Remédios, Remédios pelo lado do pai e diácono por parte da mãe (e da tia, por isso há quem me chame diácono da tia...).
Na berdade, não habia necexidade. Para quê mostrar partes nuas de corpos nus (e logo aquelas partes quase quase!)? Para quê? Só com intuitos libidinosos. Deus bos salbe, meus filhos que ides por caminhos invios e de vícios.
Mas já não há juizo?
Lá que a pernoca é bem feitinha, isso é, valha-a Deus. Dá gosto ver, como dizia o cónego com o meu nome. E não tiro de lá os olhos...
T'arrenego Satanás. Habendo tantas tentações, habia nexecidade (já estou disléxico..) de mais esta?
Tende piedade de bós (e de mim...)

Mario Abreu disse...

Necessidade há sempre! Obviamente não tenho arte do outro 'urso'.
A foto do Pedro demonstra bem a sua qualidade a 'disparar': mostrar o que não se vê.
Como diria o 'urso': puta foto Pedro.

Tiago disse...

Mui boa esta foto&legenda!
Bom trabalho e continuem assim... :P